13 de jan de 2011

Epílogo


ELOGIO DA DIALÉTICA

15/ 06/ 2006 - 13/ 01/ 2011



Até logo, até logo, companheiro,
Guardo-te no meu peito e te asseguro:
O nosso afastamento passageiro
É sinal de um encontro no futuro.

(Sergei Iessiênin, trad. Augusto de Campos)

8 comentários:

  1. Para uma decisão assim, acredito haver suficiente motivo. Mas esperarei mais letras suas como 'um encontro no futuro'.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Tá brincando?

    Volta a escrever, Tejo!

    ResponderExcluir
  3. Acho natural e fundamental, todos nós precisamos de um tempo, um stop para refletir, para um descanso – afinal, depois de tanta criação, nada como um silêncio interior!... Se está precisando dessa pausa, se dê mesmo esse direito, está na hora, mas espero que volte em breve!

    Meu abraço,
    Marli

    ResponderExcluir
  4. Querido escritor, há um presente para ti no meu blog Lectando-me! Se quiser, pegue-o, pois foi feito com carinho para ti.
    Abraço,
    Jasanf.

    ResponderExcluir
  5. Olá, não conhecia o blog e pelo jeito ele já acabou, mas gostei dos textos que encotrei aqui. Parabéns! Abrax

    www.punkbrega.com.br

    ResponderExcluir
  6. Então, Giacomo. Meu novo blog é este: http://www.novadialetica.com

    Passa lá!

    ResponderExcluir

> Apenas ouvindo a outra parte se exercita a dialética. Deixe aqui seu comentário, sugestões, críticas.

> Comentários ofensivos ou que não guardem pertinência com o assunto do post serão apagados.

> As opiniões expressas nos comentários são de exclusiva responsabilidade de seus autores, e não expressam a opinião do blog.

Related Posts with Thumbnails