5 de mai de 2009

Individualismo e Socialismo

Leio a "Alma do Homem sob o Socialismo" rabiscando, entusiasmado, as partes que me chamam a atenção. Ou seja, quase tudo. Oscar Wilde gosta de falar no Individualismo. Curioso que esse conceito, individualismo, se mal compreendido pode levar às construções liberais/ iluministas do final do século XVIII, que redundam no egoísmo e na competição. Mas o Individualismo aqui tratado é outro: o respeito aos traços pessoais, próprios a cada indivíduo, que só podem ser devidamente respeitados na forma de produção socialista. Pois é de lamentar, diz Wilde, que a sociedade construída com base na sociedade privada "force o homem a uma rotina que o impede de desenvolver livremente o que nele há de maravilhoso, fascinante e agradável". Assim, a "admissão da propriedade privada, de fato, prejudicou o Individualismo e o obscureceu ao confundir um homem com o que ele possui". Apenas no socialismo se consertará tal estado de coisas; o socialismo nos levará ao Individualismo. No original: "Socialism itself will be of value simply because it will lead to Individualism. Socialism, Communism, or whatever one chooses to call it, by converting private property into public wealth, and substituting co-operation for competition, will restore society to its proper condition of a thoroughly healthy organism, and insure the material wellbeing of each member of the community. It will, in fact, give Life its proper basis and its proper environment. But for the full development of Life to its highest mode of perfection, something more is needed. What is needed is Individualism".

Diz Erich Fromm que o conceito de socialismo para Marx é "a volta do homem pra si mesmo, a sua realização de si próprio". Isto é, há que se fomentar o Individualismo -no sentido dado por Wilde- pois, apenas um sistema que outorga a cada um de acordo com sua necessidade, e lhe pede de acordo com sua possibilidade, respeita o homem em sua essência, vale dizer, em sua individualidade. O próprio Wilde faz a ressalva óbvia: o socialismo não pode ser autoritário, senão a corrente de alienação não se quebrará, em que pesem as novas formas. O socialismo autoritário, por mais avanços que traga no aspecto material, e por mais preferível que seja às formas capitalistas, será sempre um socialismo imperfeito, pela metade- pois sendo o socialismo a realização do homem, o respeito à individualidade (individualismo) é de sua essência intrínseca.

Talvez "individualidade" fosse uma palavra melhor, justamente para evitar o equívoco que o termo "individualismo" possa suscitar, como dito no primeiro parágrafo. Mas basta que se entenda Individualismo, neste caso, como o respeito ao desenvolvimento do homem pleno, não-alienado, que logo se verá que se trata de um conceito socialista- e não burguês.

O texto de Wilde, em inglês, pode ser lido aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

> Apenas ouvindo a outra parte se exercita a dialética. Deixe aqui seu comentário, sugestões, críticas.

> Comentários ofensivos ou que não guardem pertinência com o assunto do post serão apagados.

> As opiniões expressas nos comentários são de exclusiva responsabilidade de seus autores, e não expressam a opinião do blog.

Related Posts with Thumbnails